Lê a nossa página e vê o que fazemos!

29 março, 2017

Semana da Leitura 2017 – Encontro literário com o escritor Gabriel Magalhães


No passado dia 27 de março, integrado na Semana da Leitura, tivemos o prazer de ter na Biblioteca Escolar Ferreira de Castro o escritor e Professor Doutor Gabriel Magalhães.
Vindo diretamente da Universidade da Beira Interior para este encontro literário, Gabriel Magalhães encontrou-se com professores, encarregados de educação, elementos da Associação de Pais e outros elementos da comunidade educativa.
Gabriel Magalhães partilha neste encontro o seu processo criativo associado a uma espiritualidade que marca as suas obras.

Como professor universitário confessa-se apreensivo relativamente aos hábitos de leitura e procedimentos de escrita de uma geração marcada pelo imediatismo das novas tecnologias e pelo cada vez mais difícil processamento da imensa informação.



É preciso deixar o leitor ser também escritor. Este é um dos segredos dos romances: deixá-los abertos. No fundo, o escritor toca piano e o leitor canta: todos os livros são um dueto. Quem lê, julga que está calado – mas isso não é verdade. O leitor está a cantar com a sua imaginação. É claro que, quando projeto um livro, tenho algumas ideias em mente, mas escrever não é martelar essas ideias – é atirá-las ao leitor como quem lança um avião de papel. Os romances são isso: aeroplanos de papel. Não se pode pretender deles que tenham escalas e rotas demasiado exatas, como os aviões de metal. Por outras palavras: a ideia de um romance terá de ser sempre uma ideia em movimento: uma música – e não uma pedra que cai sobre o leitor e o esmaga.

http://www.segredodoslivros.com/entrevistas/gabriel-magalhaes.html



GABRIEL MAGALHÃES – Nota Biográfica
Luanda, 1965. Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses e Espanhóis, pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Doutorou-se na Universidade da Salamanca, em Espanha, com uma tese intitulada Garrett e Rivas: o Romantismo em Espanha e Portugal (publicada pela Imprensa Nacional-Casa da Moeda em 2009). Foi professor na Universidade de Salamanca e é docente da Universidade da Beira Interior, onde exerce atualmente o cargo de Diretor da Licenciatura em Ciências da Cultura. Tem publicado obras de investigação sobre temas ibéricos e promovido projetos de investigação nessa mesma área. Com o romance Não Tenhas Medo do Escuro (Difel, 2009), recebeu o Prémio de Revela
ção da Associação Portuguesa de Escritores. Outras obras romanescas: Planície de Espelhos (Difel, 2010), Madrugada na Tua Alma (Alêtheia, 2011) e Restaurante Canibal (Alêtheia, 2014). Volumes de ensaio: Los secretos de Portugal (RBA, 2012), escrito originalmente em castelhano, Espelho Meu: A leitura diária do Evangelho pode mudar a vida (Paulinas, 2013), Como Sobreviver a Portugal Continuando a Ser Português (Planeta Manuscrito, 2014) e ainda O Mapa do Tesouro – Para chegar à verdade de nós mesmos (Paulinas, 2015). Saiu em janeiro de 2016 o ensaio Los españoles (Elba), também redigido em espanhol. Livros seus foram ou estão a ser traduzidos para catalão, espanhol, italiano e polaco. Colabora no jornal La Vanguardia, de Barcelona, e no Jornal do Fundão.



Algumas das obras de GABRIEL MAGALHÃES








Sem comentários:

Enviar um comentário