Lê a nossa página e vê o que fazemos!

12 dezembro, 2016

Hora do Código





A biblioteca escolar da escola Ferreira de Castro participou na  «Hora do Código» que é  um movimento global de Programação, que atinge dezenas de milhões de alunos em mais de 180 países.
A atividade «Hora do Código Portugal», envolve os domínios «raciocínio matemático, abstração e representação espacial» transdisciplinar a todas as disciplinas curriculares. Decorreu online entre os dias cinco e onze de dezembro, e consistia em representar o Agrupamento, por ciclo, resolvendo doze tarefas gamificadas, ou seja, criar código visual, onde cada bloco representa uma ação ou ações algorítmicas. Com esta atividade os alunos tiveram uma primeira abordagem sobre programação, criando e otimizando sequências de instruções finitas - algoritmo, que culminam na consecução de um jogo.
         Salienta-se o empenho e o prazer de todos os alunos em resolver todas as tarefas que gradualmente se foram complicando, aumentando o seu grau de dificuldade.

         Quanto à avaliação da atividade todos os alunos conseguiram resolver até à oitava tarefa, do terceiro ciclo, salientando-se o aluno número vinte e seis, Pedro Pires, do 8º D e o aluno número vinte e um, Vladislav Kushniryna, do 8º G, que completaram todas as tarefas em cerca de quarenta minutos, tendo ainda otimizado todo o código.  A estes alunos foi-lhes atribuído um diploma de participação e mérito criado para o efeito.





08 dezembro, 2016

Introdução à Filosofia



        A Biblioteca Escolar Ferreira de Castro e o seu Projeto Saber Mais, pelo quinto ano consecutivo têm o prazer de receber o professor António Narciso da Escola Secundária Leal da Câmara para uma introdução à filosofia para cerca de trinta alunos de nono ano. 


Este ano o tema foi o Mito de Narciso em que os alunos puderam ser confrontados com as inquietações do pensamento filosófico no entendimento das relações humanas e do mundo. 


Em o Mito de Narciso, o amor por si mesmo libertado pelo auto conhecimento e pela capacidade de conhecer os outros, levou os alunos a confrontarem-se com valores como o altruísmo, a aceitação da diferença, em oposição ao egoísmo, vaidade, indiferença.

A(prenda) com poesia



A Biblioteca da Escola Ferreira de Castro celebrou o Natal através da partilha de poesia portuguesa sobre esta quadra. Turmas de 6º e 7º ano assistiram e debateram poesia declamada por alunos de turmas de 9º ano, do Clube de Leitura ao ar livre e do Clube de Teatro. 




A festa, o consumismo, a fé, as tradições, os valores natalícios, foram alguns dos temas trabalhados através da poesia portuguesa.


07 dezembro, 2016

Lendas de Sintra com Miguel Boim



No passado dia seis de dezembro a Biblioteca Escolar Ferreira de Castro recebeu Miguel Boim com o apoio da Câmara Municipal de Sintra. 


Alunos e professores viajaram pela Sintra lendária pela mão do seu caminheiro, penetrando no misterioso monte da lua. Histórias, pedras e edifícios, misturam-se com personagens míticas e reais que povoam as sombras da serra de Sintra. 


Cento e sete alunos de sétimos e oitavos anos, imaginaram outros tempos e outras gentes por entre lendas da Sintra fantástica.







06 dezembro, 2016

Portugal Português: Ramirez e a indústria conserveira portuguesa


          A Biblioteca Ferreira de Castro, através do seu Projeto Saber Mais e da sua rubrica Portugal Português, dinamizou com patrocínio, uma exposição sobre a marca portuguesa Ramirez que representa a mais antiga fábrica de conservas do mundo em laboração e que nasceu em 1853. 



Esta exposição destinou-se a ser explorada pelas disciplinas de História e Geografia de 9º ano, servindo de mote ao estudo da industrialização de Portugal desde o século XIX, ao desenvolvimento das atividades piscatória e conserveira nacional, aos métodos de laboração e direitos dos trabalhadores ao longo dos tempos, à economia nacional e seus produtos de exportação, aos recursos naturais e sua exploração, à evolução dos designes da marca e sua publicidade, etc. 



A marca Ramirez, presente em cinco continentes com mais de quinze marcas próprias, inicia em 2007 uma aposta no segmento da alimentação saudável, o que nos remete também para o currículo de Ciências Naturais. Em 2010 a Ramirez torna-se cofundadora do Hiper-Cluster do Mar Português, um projeto de revitalização das atividades ligadas à economia do mar.Ainda neste ano, a Ramirez obtém o eco rótulo azul MSC do Marine Stewardship Council, que confere à pesca de cerco da sardinha portuguesa um certificado de sustentabilidade ambiental, e tornou-se na primeira empresa do sector em Portugal a ser homologada pela Moody’s. 


Deste modo todos os alunos de 9º ano puderam aplicar as aprendizagens do currículo a um estudo de caso de marca de sucesso nacional.


Para além da visita à exposição organizada pelo Projeto Saber Mais e Biblioteca Escolar, cerca de cento e vinte alunos puderam assistir a uma palestra sobre a história e atualidade da empresa Ramirez, apresentada pela Dr.ª Joana Queiroz, diretora de marketing da marca.



05 dezembro, 2016

Enigma da História de Portugal


Ao longo do ano letivo os alunos da Escola Ferreira de Castro podem resolver o Enigma da História de Portugal lendo as pistas apresentadas na Biblioteca Escolar.

A figura histórica do mês aguarda pelos alunos.




Clube de Leitura: A Noite



No passado dia 30 de dezembro o Clube de Leitura voltou a reunir na Biblioteca Escolar Ferreira de Castro e desta vez para partilhar leituras e pareceres sobre a obra de Elie Wiesel, A Noite. Começámos por visionar a última entrevista de Elie Wisel em Auschwitz, feita por Oprah Winfrey, que pode ser vista em https://www.youtube.com/watch?v=4IJ4mpCDVpE.



Tendo morrido a 2 de julho de 2016, Elie Wiesel foi um judeu ortodoxo, natural da Roménia, sobrevivente do Holocausto e ativista pelos direitos humanos, que foi distinguido com o Prémio Nobel da Paz há cerca de trinta anos.


"Escritor prolífico, publicou mais de meia centena de livros sobre os horrores vividos pelos judeus na Segunda Guerra Mundial. Há vinte anos, foi eleito para a Academia Americana de Artes e Letras.
O livro mais conhecido de Elie Wiesel intitula-se “Noite”, foi publicado uma década depois do fim da Segunda Guerra Mundial e traduzido para português. Nele, o autor relata o horror vivido nos campos de concentração de Auschwitz e Buchenwald.
Por várias vezes, o autor questiona em “Noite” a existência de Deus perante a falta de ajuda divina face ao terror imposto pelos nazis aos judeus."



02 dezembro, 2016

Projeto Newton gostava de ler : 3,2,1 … lançar sonda na biblioteca.




Nos meses de novembro e dezembro a Biblioteca Escolar Ferreira de Castro e os professores de Ciências Físico-química aplicam o Projeto Newton gostava de ler no seu Módulo V , 3,2,1 … lançar sonda na biblioteca a todos os seus cento e quarenta e dois alunos de sétimo ano. Com o livro Pó de Estrelas de Jorge Braga  alia-se a promoção da leitura à experimentação científica. Jogos, leituras e experiências animam as turmas de Físico-química na Biblioteca escolar.








30 novembro, 2016

A enfermeira responde


Ao longo do ano letivo a Biblioteca Escolar dispõe de um local onde os alunos poderão colocar dúvidas sobre questões relacionadas com a saúde e o funcionamento do corpo humano, que posteriormente serão respondidas em painel próprio pela enfermeira Paula Antunes do Centro de Saúde de Mem Martins. Aproveita e coloca as tuas dúvidas.





Projeto Sobe


          A Biblioteca Ferreira de Castro dá mais um ano continuidade ao Projeto Sobe determinado pelos Direção-Geral da Saúde, Plano Nacional de Leitura e Rede de Bibliotecas Escolares. Este projeto Saúde Oral e Bibliotecas Escolares pretende desenvolver a saúde oral na ligação com a literacia e as bibliotecas escolares, desenvolvendo competências, atitudes e valores relacionando a saúde oral com vários domínios do conhecimento, fazendo uma abordagem transversal do currículo. Deste modo com a colaboração da enfermeira do Centro de Saúde de Mem Martins, Paula Antunes, todos os alunos de 6º ano nas suas horas de Formação Cívica, puderam visionar um filme, ouvir explicações e debater conhecimentos sobre saúde oral e ter uma sessão prática de escovagem dos dentes. 






Nas escolas do primeiro ciclo do agrupamento e Jardim de Infância, os alunos também tiveram sessões do Projeto Sobe sobre saúde oral e hábitos de higiene oral, e realizaram trabalhos sobre a boca e a escovagem dos dentes.