Lê a nossa página e vê o que fazemos!

23 novembro, 2011

S. Martinho dos Tempos Modernos

Ainda a propósito do S. Martinho...
A turma do Sexto Ano, turma E recriou a lenda de S. Martinho, desta maneira:

Num dia em que a mãe natureza chorava desalmadamente… Bem, esta é uma história moderna… Então, não chorava desalmadamente, mas chorava “bué”.
Retomando: chovia bué e apareceu um militar, com uma capa preta. Na cabeça, trazia uma boina bem moderna. De que cor? Cor de boina…. Calçado, tinha umas botifarras, número 45, com biqueira de aço.
Era realmente um belo militar. O seu nome era Martinho.
Tinha um cavalo, mas esse era de pau e servia para ele brincar no seu quarto, nos seus tempos livres. Na rua andava de carro elétrico descapotável e óculos de sol…. O problema era a chuva. Coitado do Martinho! Precisava mesmo de um milagre…
Depois de andar alguns quilómetros, parou num semáforo e enquanto esperava a maravilhosa cor verde, reparou num senhor muito bem vestidinho e muito preocupado, pois estava a molhar o seu impecável fato de marca.
Logo de seguida, Martinho pensou:
- Esta é a minha oportunidade de fazer uma boa ação.
Abriu o vidro do seu carro e perguntou àquele distinto senhor se o poderia ajudar.
- Oh, que maravilha. Assim já não estrago o meu fato Armani.
Assim que ele entrou no carro, a chuva parou e no céu surgiu um belo arco-íris rodeado de um sol brilhante.
Para comemorar esse milagre, o senhor levou Martinho à sua luxuosa casa, para fazerem um grande magusto com castanhas quentes e boas.
E é por isso, que nestes tempos modernos se comem as castanhas.
Oh que rico São Martinho!    

Texto coletivo elaborado pelo 6º E

Sem comentários:

Enviar um comentário